Terca-Feira, 27 de Julho de 2021

Dilemas e cuidados no retorno às aulas

Entramos na fase de avaliação da reabertura das escolas pelo Brasil, e esse tem sido um dos grandes temas de conversas em WhatsApp entre pais e mães de crianças das mais diversas idades.  Não é trivial a decisão de manter os filhos em casa nem a de enviá-los de volta ao ambiente escolar. Há riscos em ambas as situações.

Ao reabrir as escolas, os riscos para as crianças são relativamente baixos, visto o padrão de evolução benigno da infecção pelo coronavírus nessa faixa etária. Só que devemos lembrar que existem riscos  mais contundentes a serem considerados para a equipe de profissionais, professores, pais e cuidadores.

Quando voltar às aulas?

Para estabelecer o cronograma de volta às aulas, líderes governamentais e centros de ensino precisam avaliar o risco para a saúde pública, a capacidade de adotar medidas de  segurança e a importância econômica da escola para educadores, pais e crianças. Ainda não está bem claro o papel das crianças na transmissão do coronavírus, ainda mais considerando a flexibilização das quarentenas.

Porém, é fundamental entender a capacidade das escolas de criar e manter medidas para mitigar o risco de infecção, o que inclui infraestrutura, orçamento, políticas e novos processos, entre outros. A decisão sobre o momento da retomada precisa se basear em todos esses fatores.

Os cuidados na volta às aulas

Há uma série de medidas a serem adotadas pelas escolas para elevar a segurança de todos — medidas que devem ser pesadas e considerar prós e contras. Um exemplo: alternar dias letivos entre diferentes grupos de alunos pode facilitar o distanciamento social, mas dificultar a organização de pais em relação à rotina e aos cuidados.

Escolas com espaços não utilizados e equipe suficiente podem escalonar horários, separar as mesas com o distanciamento mínimo e organizar alunos em mais grupos. Só que estabelecimentos com orçamento  limitado, equipe reduzida e salas cheias possuem menos flexibilidade para tanto.

São quatro dimensões distintas que devem ser consideradas ao desenhar as medidas de saúde e segurança na retomada: a infraestrutura física da escola; horários e equipes disponíveis;  transporte e alimentação; políticas de saúde e comportamento (o que envolve medição da temperatura na entrada, uso de máscaras e identificação de casos suspeitos, por exemplo). Em comum, todas visam minimizar a proximidade física, acatar protocolos de higiene e reduzir o risco de contágio.

Mas não é só a escola que tem um papel aqui. Os pais também devem incorporar as regras e educar e conscientizar seus filhos. Isso passa por seis atitudes:

  1. Ensinar e dar o exemplo das práticas de higiene, o que inclui lavar as mãos com sabonete por pelo menos 20 segundos e contemplando dedos, unhas e punhos.
  2. Monitorar o estado de saúde dos filhos. Caso haja febre ou mal-estar, procurar orientação médica e não levar à escola.
  3. Encorajar a criança a fazer perguntas e falar sobre seus sentimentos, além de ser paciente e lúdico na comunicação com ela.
  4. Manter-se atualizado sobre a pandemia e as regras a aderir.
  5. Estar próximo da escola e ajudar a zelar pelo cumprimento das medidas de segurança propostas.
  6. Ajudar a criança a manter um estilo de vida  saudável, com rotina, alimentação balanceada e exercícios físicos.

Retomar o ensino presencial não será tarefa fácil, mas os benefícios podem ser enormes se respeitarmos esses cuidados. Alunos aprenderão, pais e mães conseguirão trabalhar e o vírus será controlado.

  • Dr. Julio Corte Leal é pediatra, especialista em alergia e imunologia pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e diretor médico da Theia, plataforma que dá de saúde física e emocional a pais, mães e seus filhos.

Fonte: https://saude.abril.com.br/blog/com-a-palavra/dilemas-e-cuidados-no-retorno-as-aulas/

Compartilhe esse Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤ por go7.site